Arquivos

Autor Arquivo para pj

Saiu no Jornal A Gazeta do ES. Matéria sobre Carnívora:

Mais uma crítica que me deixou feliz e ainda mais confiante. Agora no Mundo Gonzo no Abacaxi Voador

Confira aqui!

 

uma das minhas preocupações em conceber ‪#‎CarnívoraHQ‬ era que todos pudessem ler e interagir com a história. princialmente os que não tem o costume de ler quadrinhos, sobretudo terror e sanguinolência. e com essa resenha encantadora da Telma Myrbach em Surtos Literários vejo que consegui =} muito obrigado!

Veja aqui

 

 

 

Saiu a lista dos melhores do mês de Julho do Universo HQ e Carnívora está lá.

Confira aqui

Impressionante. O Pericles é um profissional respeitado e sua arte mostra isso. Em “Carnívora” ela é mais solta e crua do que em “Lia”, por exemplo, mas perfeita para o roteiro.
Como o Doutrinador, Carnívora mostra como essa geração conseguiu realizar o casamento entre nossa dura realidade e a influência inevitável da cultura pop americana. Só especulando, acredito que “Tropa de Elite” tenha uma participação nisso.
Carnívora tem um argumento redondo com algumas referências deliciosas que não vou contar porque seriam spoilers brabos. Mas o argumento estipula “o que” acontecerá. “Como” acontecerá é onde Carnívora cresce. Exemplo: a cena onde a personagem fala ao telefone enquanto examina seu corpo no espelho é um perfeito exemplo de como o argumento pode caminhar ao lado de gestos triviais e aparentemente inúteis, mas que tornam o personagem mais humano, com maior poder de envolver e criar identificação com o leitor. Péricles é um grande criador de personagens que sabe aproveitar muito bem cada espaço para mostrar uma faceta humana, aumentando seu papel de simples “atores” do enredo. Também vale para seus diálogos, diretos e carregados de gírias, mas muito naturais. E isso é mais difícil do que parece, acreditem.
Sou um fã de terror assumido, mas também reconheço que é um gênero que facilmente descamba para uma repetição tediosa dos mesmos clichês de sempre. Tem alguns destes clichês em Carnívora? Sim. Mas Pericles entende o que é terror e seu potencial para metáfora e fábula. Usou na medida certa os protocolos do gênero, mas temperou com elementos vindos de outros gêneros, e criou algo que guarda algumas surpresas. Só isso já é o bastante para valer à pena.
Bravíssimo, parceiro.

 

Osmarco Valladão – Roteirista de quadrinhos.

Enfim se torna real.

bookbyivson01

foto: Ivson Lima

 

Ao todo, um ano para que Carnívora se concretizasse. Entre organizar o projeto, lançá-lo no Catarse, sofrer por 2 meses pra, na última semana, fecharmos com sucesso o projeto. E depois 4 meses de trabalho duro corrigindo o roteiro, desenhando (110 paginas, ok?) e mais dois pra correções, gráfica e outros pormenores. Isso sem falar nas premiações. Não foi um trabalho fácil. Inúmeras vezes o desejo de desistir foi tão forte que machucava. Imaginava: “poxa, esse trabalho todo pra depois a pessoa ler isso em 15/20 min. e abandoná-lo na estante ou em outros lugares.”  Sim, confesso que pelo cansaço isso passava em minha cabeça. Mesmo acostumado a desenhar loucamente pra cumprir prazos, dessa vez foi diferente. TUDO estava por minha conta, entre escrever, desenhar, editar, projeto gráfico, fechamento, acompanhamento e, agora, distribuição (que faço com alegria) para os apoiadores. Mas tenho que confessar a vocês que sentimento do dever cumprido e o orgulho de passar por essa etapa é maior que qualquer dificuldade. O sentimento é o mesmo dos aplausos no circo ou no teatro. Afinal, essa é a vida que escolhi e é pra isso que trabalhamos.

Mais uma vez, o meu muito obrigado!!!

PJ